É Natal! Vamos descomplicar mas proteger os nossos bebés?

É Natal! Vamos descomplicar mas proteger os nossos bebés?

Dez 22, 2021

Natal é sinónimo de reunir a família, o que para muitos recém-papás (e não só!) se torna difícil de gerir: como proteger o nosso bebé das principais infeções desta altura do ano?

Eu respondo-vos: descomplicando. E para isso é preciso que todos tenham consciência dos riscos para o bebé e da forma como devemos agir.

Há um ano atrás escrevia sobre bronquiolite (clica para leres o artigo) e vómitos (clica para leres o artigo) nas épocas festivas. Têm consciência que são estas as principais patologias que levam bebés e crianças pequenas às urgências hospitalares na altura do Natal e ano novo?

Mas afinal porque razão o bebé tem tendência a ficar doente nesta altura do ano?

Não tenhamos dúvidas que, sendo o Natal uma época de junções familiares, muitas são as pessoas que se concentram no mesmo espaço, respirando o mesmo ar.

Claramente que, estando um elemento com sintomas respiratórios ou gastrointestinais, facilmente entramos numa “bola de neve” e o bebé é contagiado. O problema é que…

O que num adulto é uma simples tosse ou pingo no nariz, no bebé pode significar internamento com agravamento clínico!

O que num adulto foi um simples vómito, no bebé pode significar desidratação e necessidade de intervenção hospitalar!

Por esse motivo, torna-se imprescindível tomarmos consciência de um conjunto de atitudes a tomar, nesta e em qualquer altura em que estejamos no mesmo espaço físico de um bebé:

  1. Evitar concentração de muitas pessoas no mesmo espaço fechado;
  2. Pessoas com sintomas respiratórios sugestivos de uma “constipação” ou com sintomas gastrointestinais (vómitos e/ou diarreia) devem usar máscara e higienizar as mãos com frequência;
  3. Não mexer nas mãos do bebé;
  4. Não pegar no bebé (sem autorização dos pais);
  5. Antes de tocar nos brinquedos do bebé higienizar as mãos (os principais vírus respiratórios que afetam gravemente os bebés permanecem por mais de 12h nas superfícies e brinquedos!).

Como vamos fazer cá em casa?

Este ano temos “dois bebés”. Apesar do João Maria já ter 2 anos, temos uma Leonor de mês e meio e todo o cuidado é pouco. Gosto de me sentir tranquila e segura e, muito embora todos estejam demasiado preocupados com a Covid-19, a mim preocupam-me outras patologias mais graves em bebés!

Por esse motivo, vamos optar por fazer cá em casa toda a época festiva. Sendo assim, dividimos a família por momentos das refeições e evitamos grandes aglomerados. Conversámos também com todos e parece que rumamos no mesmo sentido (no que respeita ao receio e à precaução). A nossa sala é relativamente grande e temos um quarto no rés-do-chão, o que possibilita que a pequena descanse mas, ao mesmo tempo, possa estar perto de nós!

(falo-te de dicas de gestão da época festiva com bebés pequenos no próximo artigo… 😏)

E nas vossas casas, como vão gerir esta época festiva?

Tag:

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?