Na semana do pai, relembremos que o pai pode tudo!

Na semana do pai, relembremos que o pai pode tudo!

Mar 18, 2021

Nesta que é a semana do pai, não podemos deixar passar sem relembrar que o pai pode tudo 😍

Quem me conhece sabe que não aceito a típica frase: “o pai tem de ajudar!”. O pai não tem de ajudar! O pai tem de fazer, tal como a mãe faz. Homem e mulher têm igualdade e desejam igualdade certo? Então vamos mostrar que essa igualdade existe!

Não acreditam? Então vejam só tudo aquilo que o pai pode (e deve fazer)

Ajudar na amamentação

Este é um tópico básico mas que não é assim tão simples para todas as mulheres. Afinal de contas são muitas as mulheres com dificuldade na pega. Uma dificuldade que pode ser ultrapassada com o apoio de um pai presente, que ajude na posição do bebé e na verificação da qualidade da pega.

Quando os profissionais de saúde, na maternidade, fazem ensinos ao casal, a presença de mãe e pai pressupõe um trabalho de equipa depois em domicílio. Certamente, o que um não ouviu tão bem o outro apreendeu melhor. E o pai está, muitas vezes, emocionalmente mais aberto ao ensino (pelo menos naquela fase inicial).

Outra questão essencial tem que ver com o horário das mamadas: apesar de o bebé dever mamar em horário livre, é verdade que temos, em muitos casos, bebés dorminhocos e que precisam de ser acordados (ou ficariam todo o dia a dormir e sem mamar 😜). Nestes casos, também o pai pode fazer esta gestão de horários, cuidar do bebé e só acordar a mãe no momento em que seja para o bebé mamar.

Mas atenção! Ter um pai presente não significa que o pai não precisa de descansar! Fazerem turnos em casal é fundamental para que ambos estejam bem! Pais tranquilos e felizes = bebés felizes 🙃

Preparar e dar o biberão

Sim sim, nem sempre a amentação pode ser exclusiva. Seja com suplementação de leite materno ou artificial. É aqui que o pai pode (e deve) contribuir para criar ainda mais laços com o bebé e aumentar a vinculação pai-bebé (já para não falar do apoio imprescindível que dá à mãe).

É por este e outros motivos que acho imprescindível a presença do pai em todas as sessões de ensino sobre bebés!

Colocar o bebé a arrotar

Olha outro ponto tão importante. O bebé acabou de mamar? Está na hora de arrotar? Vamos lá para o colinho do seu pai 😍

Confecionar e dar a refeição ao filho

Cá em casa, o melhor cozinheiro é o pai! Não foi sempre assim, não pensem (ele teve com quem aprender)😝

Este ponto é também ele muito importante. E mesmo que tenhamos um pai que não sabe fazer, temos um pai que sabe dar. E se não sabe, aprende. Tal como a mãe tem de aprender.

E atenção! A mãe tem de confiar! Eu digo isto sempre. A mãe e o pai desejam o mesmo para o seu filho: que nada lhe aconteça e ele seja feliz. Então, não tem porque não confiar!

Dar banho

Já ouvi, em tantas famílias, que o melhor momento pai-filho é o banho! E é incrível ver os dois todos molhados 😝

Mudar a fralda

Sim, sim. Mesmo que o bebé tenha um cocó do tamanho de Lisboa 😝 É importante que ambos o façam e que esta seja mais uma tarefa em equipa. Hoje mudas tu, amanhã mudo eu, sem que necessariamente tenhamos de desputar tarefas!

Dar colo

Esta é a melhor parte! O colinho é tão importante e tão bom! O melhor aconchego de um bebé e a maior demonstração de afeto e segurança. Não vicia, não cria “manhas”. Simplesmente transmite amor!

Acalmar o filho

Já ouvi, em muitas famílias, que o pai tem o colo mais calmante. Que o pai transmite tranquilidade ao bebé. E a verdade é que pode mesmo ser o melhor sítio quando já temos uma mãe ansiosa e emocionalmente debilitada (depois de tantas tentativas ou de um bebé intenso, que chora minutos a fio).

Adormecer o filho

Adormecer é outro tema onde o pai chega a ter “mais jeito” do que a mãe. Não é uma tarefa exclusiva à mãe. E atenção que temos muitas mães a trabalhar, mais tarde, por turnos, e a precisar do pai para este momento de final de dia. É importante, pois, que ambos o saibam fazer e o façam tranquilamente.

Fazer um curativo / dar medicamento

Sim, sim. O vosso filho também vai fazer uma ferida e precisar de um curativo; ou fazer febre / ter dor e precisar de medicamento. A mala de primeiros socorros (que já têm em vossa casa) deve ser conhecida pelos dois elementos do casal e ambos saberem trabalhar com todo o material. Tranquilizem-se: em breve vamos aprender primeiros socorros, em mais um curso SOSMAMÃ que promete muita tranquilidade a todos aí em casa 😝

Vejam o artigo “o que não pode faltar na mala de primeiros socorros de bebés e crianças?”

Comprar bens necessários para a casa

Ir às compras. Aquela tarefa que, ou adoramos ou detestamos! Cá em casa é quase sempre o pai a ir, simplesmente porque é mais prático e gasta menos dinheiro do que eu (passo por todos os corredores e vejo ao pormenor os artigos 😝).

Ser taxista

Não tem necessariamente de ser o pai. Mas é quase sempre ele que leva o carro, em praticamente todas as famílias. E lá vai a mãe ao lado ou atrás, com o bebé.

Cá em casa, só vou junto ao João Maria em casos excecionais (quando chora ou está mais rabujento). Porque se o deixo em segurança no banco de trás, não tenho porque ir ao seu lado e deixar o meu marido a servir de taxista. Fico tranquila à frente a ver o meu filho pelo espelho retrovisor e claro que se o bebé chorar, assim que possível, paramos a viatura.

Ir ao médico/enfº com o filho

Mas porque motivo tem de ir a mãe? O pai não sabe tudo sobre o seu filho? É expectável que saiba. Então não vejo razão para ter de ser a mãe a ir! Mas claro que esta é uma decisão a ser ponderada em casal.

Não se esqueçam: mãe e pai desejam o mesmo para o seu filho!

Ir à farmácia

Outra tarefa implícita a qualquer um dos dois: “hoje passas tu próximo da farmácia X? Olha então traz tu o medicamento Y, se fizeres favor!” 🤗

Faltar ao trabalho se o filho estiver doente

Por mais que custe ter o filho doente e a mãe não poder faltar. Acreditem! O pai também vai de coração partido trabalhar deixando o seu tesouro doente em casa. Pensem nisso!

Cuidar da casa

Temos tantos homens maravilhosos nas tarefas domésticas! Simplesmente temos mulheres que gostam das coisas do seu jeito e depois temos homens que estão habituados a não fazer! Então vamos alterar hábitos antes de sermos pais, para o bem de todos 🧐

Cuidar da esposa

😍😍 Sabe tão bem sentirmo-nos cuidadas, amadas, respeitadas. E este papel ninguém melhor do que o homem da casa para o fazer!

Ajudar com os trabalhos da escola

Temos por aí papás pacientes? É que esta tarefa assim o exige. E digo-vos, é muitas vezes uma tarefa paterna e desempenhada com total pefeição 😍

Brincar

Quem recorda as principais brincadeiras de infância? Acreditem, as minhas envolvem sempre o meu pai. E é tão bom recordar e saber que são esses momentos que ficam na nossa memória!

Dar um conselho

O ombro amigo, o conselho de pai que ninguém consegue substituir. E muitas vezes o túmulo, onde o maior segredo é guardado 😍

Educar e dar o exemplo

Termino no mais importante papel em família. A educação e o exemplo. As crianças aprendem desta forma. Com amor e com exemplo. Querem sempre imitar os seus pontos de referência. E o pai é encarado pelo filho como o grande exemplo de respeito dentro de casa. Não deixemos que estes valores se percam 😍

 

Espero que tenham gostado destes pequenos exemplos de como podemos ter um pai com total pertença no cuidado ao seu filho. Não como uma ajuda, mas como um elemento que faz, que se preocupa, que está presente. Tal como temos uma mãe, temos um pai. E ambos são insubstituíveis ❤️ Pai é-o todos os dias e todos os dias são dias do pai!

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?