MÃE! Cuida de ti, para poderes cuidar de mim.

MÃE! Cuida de ti, para poderes cuidar de mim.

Set 11, 2020

Hoje acordei e tinha este miminho à minha espera. O primeiro onde o meu filho participou. Eu bem que ontém vi os dedos do João Maria estranhamente pretos… Mas pensei: “andas aqui no chão da rua a brincar comigo e com a cadela, vejam bem como ficam os teus dedos!” ;) Afinal, a ideia brilhante do senhor seu pai levou àquele rico trabalho :)

Todos os dias sou feliz a escrever para vocês. Mas hoje, sou especialmente feliz. É o meu primeiro dia da mãe! O meu e o de tantas outras mães que festejam hoje junto dos seus filhos o primeiro dia da mãe. O segundo, o terceiro, o quarto… O vigésimo… O quadragésimo… Passem os anos que passarem, o dia da mãe vai ser sempre especial para cada mãe e para cada filho.

Aquele filho que só poderá estar bem se a sua mãe também estiver bem. Onde já ouviram isto? É que eu digo-o muitas vezes às mães dos “meus meninos” que vão à urgência! ;) Não vale a pena fazermos tudo pelos nossos filhos se lhes vai fazer falta o essencial: ter a mãe psicologicamente bem, 100% presente nos momentos de brincadeira e em todos os outros momentos essenciais na vida da criança.

Quando a minha mãe me dizia: “Carreguei-te dentro de mim, conheço-te melhor do que qualquer outra pessoa. Sinto quando não estás bem, não vale a pena tentares esconder o que sentes”, nunca acreditei a 100%. Todas as mães dizem isto, pensava eu. Mas tantas vezes ela me deu provas que realmente tinha o poder mágico de adivinhar o que eu sentia. Ainda hoje, a 2000km de distância, consegue pela escrita ou pela voz, decifrar o que vai dentro de mim.

Será que algum dia vou conseguir ser assim?

Sempre quis ser como a minha mãe. Ter a sua força, a sua garra, a sua determinação. Ser boa ouvinte, conselheira e verdadeiramente amiga dos meus filhos. Mas nunca quis ser como ela numa coisa: Nunca quis deixar de pensar em mim ou colocar-me para segundo ou terceiro plano. Sabia que, um dia que fosse mãe, alguém viria ocupar um lugar muito especial na minha vida. Mas não queria, de todo, reduzir-me ou deixar de pensar em mim, em prol de outra pessoa. Seria egoismo? Talvez. Eu diria que era desconhecimento, falta de noção do que é ser mãe.

Tantas vezes perguntei à minha mãe “Porque não compras para ti?” ou “Porque não comes tu essa última fatia de bolo (quando muitas vezes sabia que lhe apetecia)?”. E a resposta era sempre a mesma: “um dia vais perceber”. A minha mãe não se enganou. Eu comecei a perceber… No dia em que o João Maria nasceu.

O DIA EM QUE O MEU FILHO NASCEU SUPEROU TODAS AS EXPECTATIVAS. Sobretudo o sentimento que, no imediato, se criou em mim. Em mim e em tantas outras mães, que ao contemplarem os seus filhos pela primeira vez fazem um “reset” a tantas coisas inúteis que antes tinham significado nas suas vidas! Toda e qualquer mágoa, todo e qualquer “se” deixa de existir e dá lugar a um poço de amor :)

Passei a sentir uma coisa que nunca antes tinha sentido. Acho que é a primeira vez que o partilho com tanta gente:

Passei a ter VERDADEIRAMENTE MEDO DE MORRER. Medo de o deixar, medo dele não me ter por perto, medo de não o ter junto a mim, medo de tudo acabar e não desfrutar desta benção que me foi dada. e SENTI CADA VEZ MAIS NECESSIDADE DE APROVEITAR CADA SEGUNDO junto daquele ser pequenino, do MEU filho.

Partilham deste sentimento comigo?

O amor, a preocupação, a ansiedade e a correria do dia-a-dia desde que chegamos a casa vindos da maternidade é alucinante! De tal forma que os dias passam e quando damos por nós o bebé já tem 15 dias, 1 mês, 2 meses… E olhamo-nos ao espelho e vimos as sobrancelhas e o buço enormes, as olheiras, o cabelo despenteado ou atado com um elástico (o outfit ideal da mãe), o pijama vestido, os pêlos das pernas a encaracolar, as unhas dos pés com o verniz a estalar ;)

Eu confesso que tive vários momentos com as hormonas cintilantes, que chorei e me questionava porque razão não tinha tempo para cuidar de mim. Houve dias em que me deitava na almofada e me lembrava que nem me tinha olhado ao espelho naquele dia! E diziam-me ser uma fase. Sem dúvida que foi e que a FASE MUDOU A PARTIR DO MOMENTO EM QUE COMECEI A CONSEGUIR PEDIR AJUDA E A PARTILHAR O MEU BEBÉ!

Agora eu defendo que a mudança tem de ser breve! Para aquelas de vós que ainda não conseguiram essa mudança, informo-vos: tem de ser já! Nos próximos 5 minutos após lerem este artigo ;)

ALGUMA COISA TEM DE MUDAR NA MINHA MÃE, NA VIDA DA MINHA MÃE. PORQUE A MINHA MÃE TEM DE ESTAR BEM PARA PODER CUIDAR DE MIM!

1.) OLHA-TE AO ESPELHO, mãe, todos os dias pela manhã;

2.) Perde 2 minutos do teu dia, mãe, a ARRANJAR O TEU ROSTO e a colocar creme hidratante pela manhã;

3.) Passa CREME de limpeza de pele na tua cara, mãe, todos os dias antes de te deitares;

4.) Toma todos os dias um BANHO RELAXANTE, mãe, de, pelo menos, 5 minutos;

5.) OLHA para o teu CORPO, mãe. Contempla-te. Não tenhas vergonha! Esse é o corpo que me gerou e tão bem cresci nele! :) Se, contudo, não te sentes bem contigo própria porque o teu corpo não te anima, não baixes os braços, mãe! Define objetivos. PROMETO AJUDAR-TE!

6.) DEFINE OBJETIVOS pessoais, mãe (tens de pensar em ti!):

“Quero perder 4kg” (tenho de fazer dieta e, eventualmente procurar um nutricionista);

“Quero melhorar a alimentação” (tenho de procurar receitas novas e eliminar determinados alimentos da despensa);

“Quero começar exercício físico” (tenho de vestir um equipamento e procurar uns treinos online);

“Quero todos os dias ler 10 minutos” (tenho de ter um livro e sentar-me no sofá quando o bebé adormecer);

“Quero começar a ver uma série na TV, mesmo que aos pedaços, nos vários bocadinhos livres do dia (tenho de me sentar no sofá e ligar a televisão);

“Quero perder menos tempo na cozinha” (tenho de fazer ementas semanais e definir tarefas com o marido);

“Quero organizar melhor os dias” (tenho de planear tarefas diárias)

(…)

8.) MARCA cabeleireiro ou esteticista, mãe (és sempre linda para mim, mas sei que precisas de te sentir linda);

9.) SAI DE CASA, mãe, pelo menos 3x na semana sozinha, sem mim, sem o pai, sem ninguém (quando a quarentena permitir);

10.) PEDE AJUDA, mãe (ao pai, à avó, à tia, à madrinha, ao padrinho, ao amigo, mas pede!). Quando te perguntarem o que precisas, sê sincera, mãe! Porque o que precisas é de apoio nas tarefas domésticas, na ida ao supermercado ou nos passeios com o nosso animal de estimação. Para poderes brincar comigo e cuidar de mim e de ti!

VOU SEMPRE AMAR-TE MÃE!

VAIS SER SEMPRE A MELHOR MÃE DO MUNDO PARA MIM!

OBRIGADA POR ME AMARES, POR ME SEGURARES AO COLO, POR ME CONFORTARES, POR ME TIRARES A DOR, POR ME ESCUTARES, POR RALHARES COMIGO PARA O MEU BEM, POR ME ENSINARES O CERTO E O ERRADO, POR NUNCA TE ESQUECERES DE MIM, POR SERES TU, UNICAMENTE TU!

Do teu filho, com amor”.

Parabéns a todas as mães. Feliz Dia da Mãe :)

4 Comments

  1. Elisabete Ferreira

    Obrigada pela forma como faz das suas emoções as minhas.
    É incrível nesta fase em que sou mãe de primeira viagem contar com estas palavras.
    Obrigada

    Reply
    • Enf Andreia

      Obrigada eu Elisabete por se manterem atentos aos conteúdos que vos trago e me presentearem com estas palavras!! Um beijinho grande :)

      Reply
  2. Claudia Amaral

    Tão bonito.
    Amor, um amor único e indescritível…
    Ser mãe e viver tudo o que surge desde o planeamento da gravidez, à gravidez em si, o pós parto e toda uma vida… com todas as alegrias e os dissabores que carrega!
    Cada sorriso.
    Cada lágrima, seja de felicidade seja de tristeza.
    Cada conquista.
    Casa passo dado.
    Cada etapa.
    Tão especial!!
    Quem me conhece sabe como amo este papel, muito embora pese, de quando em vez, o cansaço e alguma intolerância, perante as birras da princesa mais velha… tudo isso faz parte!
    Como o medo da minha própria morte, que nunca antes tinha tido, até ser mãe… identifico-me!! ❤
    À nossa querida e rica mãe devo muito do que sou, como mulher, como mãe, como filha, como amiga, …conto vir a conseguir, um dia, ocupar um lugar semelhante no ❤ das minhas princesas.
    Feliz dia, minha irmã, hoje e todos os outros.
    ❤❤❤

    Reply
    • Enf Andreia

      Um amor único e indescritível :)

      Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?