Os meus 5 segredos para organizar o regresso à rotina pós-férias

Os meus 5 segredos para organizar o regresso à rotina pós-férias

Jul 6, 2020


Acabaram as nossas mini-férias. É preciso regressar à rotina e, por isso, preparei para vocês um artigo onde vos trago os meus 5 segredos para a nossa organização semanal pós-férias.

Organizar a semana porquê?

Uma das maiores preocupações cá em casa é assegurar que o nosso bebé é feliz, que sente que os papás brincam com ele e participam no seu crescimento e desenvolvimento. Acima de tudo, desejamos que o tempo que lhe dedicamos diariamente seja sempre de qualidade e mais importante do que qualquer brinquedo novo :)

Se não organizarmos a semana e considerando que estou sozinha com o meu bebé até às 19h30 (hora a que chega o papá) não consigo, nas 3h desde que o vou buscar à creche: brincar (sem preocupação e com total disponibilidade), orientar o jantar, dar-lhe banho e preparar o seu jantar. Depois, assim que o papá chega, colabora dando-lhe a sopa enquanto eu termino o prato principal para todos. Deitamo-lo por volta das 20h30/21h. Aliado a isso está ainda o banho da mãe e do pai, a limpeza da cozinha e, MUITO IMPORTANTE, o tempo para o casal.

Desde que tive o meu bebé, já vos tinha dito que mudei em muitas coisas. Eu que nunca liguei a essa ideia que “quando tiveres um filho vais ver!”, realmente tenho de assumir que mudamos sempre, mesmo que seja no mínimo pormenor. No meu caso, além de me tornar uma pessoa ainda menos preocupada com os palpites dos outros e com as coisas fúteis da vida, tive de arranjar estratégias de organização adaptadas ao nosso estilo de vida e à correria do dia-a-dia.

A importância da quebra exporádica da rotina

Apesar de nos considerarmos um casal prático, somos muito preocupados com o cumprimento das rotinas do nosso bebé, porque acreditamos ser isso que tem contribuído para que ele seja um “bebé orientado”.

Acima de tudo, sermos pais adeptos de rotinas não significa que às vezes, em alturas específicas, não sejamos capazes de alterar os hábitos do pequeno. Pelo contrário. Passou-se exatamente isso nas nossas férias: o banho do João Maria era dado após sairmos da praia ou da piscina (cerca das 19h30) seguido do jantar. Após isso, íamos sempre dar um passeio pela vila e regressávamos cerca das 22h. Deitou-se todos os dias cerca das 22h30, sendo que, habitualmente deita-se, no máximo, às 21h.

Nesse sentido, a alteração da rotina nas férias não nos preocupou. Consideramos ser saudável e importantíssimo não haver extremismos na educação dos nossos filhos.

1. Nunca vir de férias no dia antes de regressar ao trabalho

Para ter tempo de organizar a semana com calma

Acima de tudo notei que, vir dois dias antes de regressar ao trabalho fez toda a diferença na minha ansiedade e organização. Regressámos das mini-férias dois dias antes do regresso ao trabalho mas podia ter sido três ou quatro dias antes. Isto porque no dia que chegámos já não deu para organizar nada a não ser os iogurtes e a peça de fruta a enviar para a creche e a roupa do dia seguinte.

Ou seja, como quer eu quer o João ficámos em casa no dia seguinte e deixei o João Maria logo cedo na creche, isso permitiu-nos organizar toda a semana com calma: preparar a ementa, as sopas, as saladas, orientar a roupa (vem sempre roupa das férias para colocar a lavar e estender) e dar um jeito à casa.

2. Deixar o bebé na creche ou com os avós no dia após o regresso das férias

Não consigo. Sinto-me mal de ir colocar o meu filho na creche e voltar para casa de folga”. Há muitos papás a referir isto.

MAMÃS, PAPÁS ninguém consegue organizar uma casa e uma semana com um bebé em casa a não ser que não lhe dediquemos tempo de qualidade! Por querermos tempo de qualidade com os nossos bebés durante a semana é que se torna tão importante organizar as tarefas e dedicar este dia a esses pormenores. Deixar o bebé com os avós, mesmo que somente por meio dia faz bem aos avós, ao bebé e, claro, a vocês e à vossa organização. O mesmo se passa com a creche ou com a ama: o bebé fica bem e estes momentos para a casa, para vocês próprias e/ou para o casal são fundamentais no equilíbrio familiar.

Agora falamos de organização semanal, mas também em dias de folga de um dos pais ou de ambos durante a semana o espectável será o João Maria ir para a creche, mesmo que os pais estejam em casa. Primeiro porque ele precisa de uma rotina semanal e a educadora é a favor de cumprir o horário, e depois porque nós também precisamos de tempo a dois. Qualquer casal precisa. E isso só faz bem também ao nosso bebé, sentir que os pais estão bem e felizes.

3. Criar uma lista de tarefas semanal

Relacionada com o bebé

Esta semana, a nossa lista de tarefas é a seguinte:

Fazer a sopa

  • Como o João Maria está na creche e todas as sextas-feiras eu ou o pai vimos a ementa da semana seguinte, já nos certificámos que esta semana a ementa contempla alimentos que já incluímos na dieta do nosso bebé. Como tal, toda a semana ele vai almoçar a sopa, o 2º prato e a fruta da creche. Claro que esta estratégia nos permite verificar os alimentos de cada dia da semana e, se nalgum dia a refeição contemplar alimentos que o João Maria ainda não come, eu envio a sopa para esse almoço em específico;
  • Assim sendo, esta semana só preciso de fazer a sopa para 5 jantares. Como o tempo está muito quente, vou acondicionar no frigorífico 2 sopas e as restantes 3 vou congelar. No dia antes retiro do congelador e fica a descongelar no frigorífico; no momento de lhe oferecer aqueço em banho maria, como desejável e habitual.

4. Adiantar refeições

Sopa

Aproveitando legumes da despensa e organizando em sacos no congelador

  • Se nalguma semana em específico têm mais legumes na despensa e como o tempo está mais quente e a probabilidade dos legumes se estragarem é alta, porque não preparar previamente as sopas dos bebés em sacos e congelar esses legumes? Foi exatamente isso que fiz. Tinha vários legumes que cortei nas doses certas, fiz a sopa da semana e congelei em sacos apropriados. Nalgum domingo em que eu trabalhe ou seja mais difícil fazer a sopa ou arranjar os legumes que preciso, é só tirar o saco do congelador e colocar a sopa a fazer.

Saladas

  • É igualmente nosso hábito deixar as saladas arranjadas no frigorífico em tapparweres para a semana que se avizinha, poupando tempo durante a semana.

Pratos principais

Da mesma forma, há casais que têm um hábito interessante: fazer refeições ao fim-de-semana que congelam e dá para os jantares e/ou almoços durante a semana. Habitualmente não o faço, a não ser que o jantar seja bacalhau com natas, empadão ou lasanha, por exemplo. Estes últimos são pratos que faço em maior quantidade e depois divido em tappareweres para outras refeições.

Planear a ementa da semana

Na nossa casa, durante a semana de trabalho só se faz jantar e, habitualmente, faz-se a mais para dar para o almoço do pai e da mãe para o dia seguinte. Quando as folgas de algum de nós são durante a semana, a ementa semanal também é adaptada a essas situações em específico.

Já vos tinha falado da importância destas ementas no artigo «Como aliar hábitos saudáveis a poupança económica? Para grávidas, mamãs e não mamas». Sobretudo do quão se torna prático deixar preparado no dia anterior o que vamos fazer no jantar do dia seguinte: deixar temperado e organizado é meio caminho andado para que poupemos tempo no próprio dia, tempo esse que pode ser aproveitado com o nosso bebé :)

5. Partilhar as tarefas em casal

Deixei para o fim mas considero que é tão ou mais importante que os outros segredos! Um casal coeso e amigo tem de partilhar tarefas e entreajudar-se para que ambos estejam psicológica e fisicamente bem, tenham disponibilidade para os filhos e, ainda, para os momentos do casal. Em suma, só dessa forma pode haver verdadeira harmonia familiar.

Bom regresso ao trabalho a todos :)

2 Comments

  1. Marta Martins

    Partilhas sempre muito pertinentes e práticas. Parabéns pelo projeto! Um beijinho

    Reply
    • Enf Andreia

      Obrigada querida Marta por estar desse lado. Que bom ser útil :) Um enorme beijinho para si

      Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?