«Nutrição Pediátrica em tempos de isolamento social» com a nutricionista Inês Moreira

«Nutrição Pediátrica em tempos de isolamento social» com a nutricionista Inês Moreira

Abr 28, 2020

A pedido de muitas mamãs e papás que, infelizmente não puderam assistir ao primeiro direito realizado por mim e pela Nutrinionista Inês Moreira, nas nossas páginas de Instagram (SOSMAMAPT e INES_NUTRI_BASTAQUERER), não podiamos deixar de vos fazer um pequeno resumo, porque vocês merecem. Mas atenção! Contamos convosco no próximo live ;)

PRINCIPAIS QUESTÕES E DÚVIDAS DOS PAPÁS

INTRODUÇÃO ALIMENTAR: QUANDO/COMO?

– A introdução alimentar preconiza-se que seja feita entre o 4º e o 6º mês de vida do bebé, salvo raras exceções em que pode ser feita antes dos 4 meses, mediante avaliação pelo profissional de saúde de referência do bebé;

– A Organização Mundial de Saúde reforça a importância de, sempre que possível, ser mantido aleitamento materno exclusivo até aos 6 meses.

QUANTIDADE DE SOPA POR REFEIÇÃO

– O recomendado é 1 concha de sopa por refeição, equivalente a 120 a 150ml e, progressivamente ir aumentando até aos 180-200ml.

HORÁRIOS DA SOPA

– A primeira sopa, se introduzida antes dos 6 meses, deve ser dada ao almoço, podendo este horário variar (podem escolher dar às 11h, às 12h, às 13h, às 14h, conforme necessidade da criança e rotinas estabelecidas aí em casa);

A partir dos 6 meses o bebé já deve iniciar outra sopa de legumes ao jantar;

1 semana após a introdução de sopa ao jantar e sempre após os 6 meses, deve ser iniciada a proteína.

GRAMAGENS DE PROTEÍNA / DIA

– A Direção Geral da Saúde recomenda 30gr/dia, podendo estas ser divididas pelo almoço e pelo jantar ou contempladas numa única refeição.

COMO HABITUAR O BEBÉ À SOPA

São várias as opções:

– dar a sopa num horário em que o bebé tenha fome;

– selecionar os legumes que o bebé mostra maior interesse;

– a maioria dos bebés dá preferência a legumes mais adocicados;

– a maioria dos bebés gosta particularmente de feijão verde e agrião.

O BEBÉ JÁ COMIA BEM A SOPA E AOS 7 MESES COMEÇOU A RECUSAR

– Pode estar relacionado com a introdução de algum alimento menos interessante para o bebé ou com a oferta da sopa em horário em que o bebé ainda não manifesta fome;

– Será importante fazer a experiência de oferecer ao bebé os legumes e proteína do seu maior agrado contemplados numa única sopa;

– Por vezes é necessária a alternância entre a colher de sopa e a colher de fruta, pois esta pode ser somente uma fase do bebé;

– A persistência do cuidador é essencial. Não forçar, mas insistir nos vários dias da semana.

BLW (Baby-Led Weaning)

– O BLW não é um método, mas sim uma abordagem do bebé aos alimentos;

Contempla um conjunto de questões importantes, pelo que SERÁ TEMA DE ARTIGO EM MEADOS DE MAIO/JUNHO.

PAPAS CASEIRAS / PAPAS DE SUPERMERCADO

– As papas caseiras são uma excelente opção para quem quer oferecer uma seleção de alimentos mais saudáveis ao bebé e menos ricos em açúcares adicionados, contudo não devem ser exclusivamente oferecidas à criança por não ser possível a quantificação dos macro e micronutrientes, podendo causar carência nutricional no bebé, quando oferecidas em exclusivo;

Os adeptos de papas caseiras podem optar por, ao lanche, oferecer 1 a 2x por semana papa de supermercado, nutricionalmente mais rica, apesar de conter mais açúcar adicionado;

– Assim que introduzido o iogurte, o bebé tem uma variedade de lanches possíveis, sendo possível variar ao longo da semana.

QUANDO INTRODUZIR O IOGURTE

– O recomendado pela Direção Geral da Saúde é a partir dos 8 meses de idade, contudo o profissional de referência do bebé pode aconselhar a sua introdução mais precoce (avaliem junto do médico/enfermeiro que segue o bebé).

SEMENTES DE CHIA, LINHAÇA, ABÓBORA, GIRASSOL

– Estão recomendadas a todos os bebés a partir dos 9 meses, independentemente do risco de alergia.

OVO – QUANDO INTRODUZIR

Segundo a Direção Geral da Saúde, o ovo pode ser introduzido aos 8-9 meses, gradualmente na dieta do bebé:

1/2 gema na 1ª semana;

1 gema na 2ª semana;

ovo inteiro na 3ª semana até um máximo de 3 ovos por semana (sempre na vez da carne ou do peixe).

BOLACHA MARIA – SIM OU NÃO?

A oferta de produtos alimentares com açúcar na sua composição deve ser evitada até, pelo menos, ao 1º ano de vida do bebé (a Direção Geral da Saúde não recomenda a oferta de bolachas, bolos ou sumos ao bebé até ao 1º ano de vida);

– Podem optar por soluções caseiras, baixas em açúcares processados (brevemente deixo-vos receitas de bolachas caseiras no blog) ;)

QUANTIDADE DE LEITE POR DIA NUM BEBÉ DE 1 ANO

– Temos de ter em atenção o peso do bebé e não propriamente a sua idade, contudo as indicações referem não ser aconselhada a oferta de mais de 500-700ml de leite por dia.

NÃO SE ESQUEÇAM de consultar os artigos:

«Como habituar o meu filho a comer a sopa?»

«O creme de legumes do bebé»

«O bebé não faz cocó desde que iniciámos a introdução alimentar. E agora?»

Baseado nas recomendações da Direção Geral da Saúde, em documento datado de Outubro de 2019 (consultar documento)

O que acharam dos temas abordados? Faz-vos sentido que continuemos a apostar em diretos como este? Contamos convosco?

8 Comments

  1. Ana Almeida

    Artigo interessante, explícito e direto aos pontos fulcrais.
    Obrigada pela partilha :)

    Reply
    • Enf Andreia

      Obrigada eu pelo comentário e por seguir o blog Ana, um beijinho

      Reply
  2. Andréia Tomé

    Olá!
    Quem me dera ter tido um artigo destes na introdução alimemtar da minha filha!
    Fico ansiosa pelo artigo de BLW para descobrir o que fiz mal :sweat_smile:
    Boa sorte com este maravilhoso projeto estou a ADORAR

    Reply
    • Andreia

      Que bom!!! Obrigada pelo incentivo :) Vou precisar de um voluntário ou voluntária para falar da sua experiência com o BLW num direto no Instagram. Aceitas o desafio? :)

      Reply
  3. Juliana Moreira

    quero deixar aqui o meu agradecimento à enfermeira Andreia por toda a ajuda que nos tem dado. Tem abordado temas essenciais e este da alimentação foi sem dúvida uma mais valia para nos tranquilizar um pouco, pois surgem sempre muitos anseios e dúvidas.

    mais uma vez muito obrigada por toda a ajuda. :kissing_heart:

    Reply
    • Andreia

      Juliana que bom! Obrigada pelo reconhecimento, pelo carinho :) Fico muito feliz por vos fazer sentir um pouco mais calmas nesta que é uma altura de tanta ansiedade :) Obrigada por seguir a página e por recomendar. Um beijinho grande

      Reply
  4. Claudia Amaral

    Parabéns!
    Excelente resumo do conteúdo do vosso live de domingo passado! E contem comigo, sempre, para assistir atentamente e levantar questões tb :)
    Se precisarem de uma mãozinha para anotar ptos chave falados e questões levantadas, disponham! ❤

    Reply
    • Andreia

      Claudia agradecemos a ajuda!! Será precioso ter alguém a anotar as questões :) Nós não o fizémos, saiu tudo para o artigo das nossas cabeças portanto se virem que falta alguma questão não hesitem em dizer. Obrigada uma vez mais ;) Um beijinho

      Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?