Como habituar o meu filho a comer a sopa?

Como habituar o meu filho a comer a sopa?

Abr 23, 2020

“O momento da introdução alimentar está a chegar e decidimos, em conjunto com o profissional de saúde de referência que vamos começar pela sopa. Planeamos tudo muito direitinho para que nada falte:

Fazemos uma lista de compras não vá a cabeça esquecer o mais importante (se for a mãe a ir, porque isto depois de parir há alguns neurónios que deixam de trabalhar ;) );

Vamos às compras: escolhemos pormenorizadamente os legumes. Os mais bonitos, os mais vistosos. Falta o azeite. Não, para a primeira sopa claro que não vamos ao da promoção! Queremos o melhor que exista para o bebé! :) Quem se identifica? :)

Pensamos com o pai na melhor hora para fazer a grande estreia, como se de uma ida ao cinema para ver o «Joker» se tratasse ;)

Uns optam por habituar desde cedo o bebé ao horário da creche onde o inscreveram; outros preferem que o bebé coma a sopa no horário do almoço dos pais;e há ainda os que estão muito atentos aos sinais de fome no bebé e não se fixam numa rotina. Mas uma coisa é certa: todos iniciam, neste caso, a sopa aos seus filhos :)

Dedicamos minutos do nosso dia a confecionar a sopa tão desejada. A primeira. E a primeira é sempre especial! Também aqui as opiniões se dividem: uns preferem preparar no dia antes da refeição; outros preparam no próprio dia; há ainda aqueles que num dia preparam a sopa da semana toda e dividem em recipientes que congelam.

– E eis que… Chega o momento de dar a sopa ao bebé. Ups. Afinal não! Ainda falta decidir quem dá a primeira sopa e quem fica a fotografar ou a filmar. Sim, digam lá que em vossa casa não registaram ou pensam registar este belo momento? :)

– Agora sim: Vamos dar a sopa ao bebé? ;)

Começamos… E nada corre como previsto. Comeu 4 colheres e chora desalmadamente.”

E agora? O que faço? Como gerir isto? A culpa foi minha? Não sei dar uma sopa? Escolhi mal os legumes? Preciso de ajuda!

VAMOS TRANQUILIZAR ESSES CORAÇÕES :)

Como vos disse no artigo «O creme de legumes do bebé», as primeiras vezes em que damos sopa ao bebé são, em praticamente todos os casos, difíceis. Sorte a das mamãs e papás que dão a primeira colher e num ápice o bebé “lhes devora” a primeira sopa :) Se não é o vosso caso, não deserperem!

Na maioria dos casos, o bebé demora cerca de 10 a 15 dias a aceitar uma concha de sopa, quantidade essa recomendada inicialmente (120 a 150ml). Até então, cada dia é uma vitória! Fazemos uma festa porque já comeu 4 colheres, depois 6 colheres e finalmente o bebé só deixa um restinho no fim da taça. Progressivamente, o gosto pelo paladar e textura dos alimentos começa a surgir

1.) O bebé precisa de tempo para se habituar ao paladar e textura dos novos alimentos;

Não nos esqueçamos que, até então, só bebia leitinho. Só conhecia ou a maminha ou o biberão, nunca experimentou uma colher.

2.) Nas primeiras vezes é natural ser necessário complementar com leite (materno ou artificial);

MAMÃ e PAPÁ: Mas eu nao quero que o meu filho se habitue a mamar depois da sopa.

SOSMAMA: Não se vai habituar. O hábito só se torna hábito se isso virar rotina. Até o bebé aceitar a quantidade de sopa necessária pode ser preciso complementar com leitinho, mas assim que aceite a sopa, não precisam nem devem complementar com a mamada. Desta forma, não vira rotina e o bebé entende que a hora da sopa é para isso mesmo, comer a sopa e ficar satisfeito. Mesmo que 1h30min. depois seja necessário dar-lhe leite.

3.) O leite (materno ou artificial) tem um sabor tendencionalmente doce, pelo que a introdução de legumes ácidos por vezes dificulta a aceitação da criança;

Procurar perceber os legumes que o bebé mostra maior interesse e optar por esses pode ser importante. Se a primeira sopa tinha batata, abóbora, alface e alho francês, por exemplo, daí a 3 dias porque não trocar a batata por batata-doce? Ou substituir a alface por feijão-verde? Procurar estratégias que vão ao encontro de sabores mais aceites pelo bebé.

4.) Por vezes são necessárias estratégias adicionais, como a introdução da fruta;

A introdução da fruta pode ser feita desde o início da introdução alimentar, cumprindo os dias recomendados de introdução de um novo alimento. Em caso de dúvida, esclareçam junto do profissional de saúde de referência.

5.) Nesta fase inicial, também pode ser necessária a alternância de colheres durante a refeição: ora a colher da sopa ora a colher da fruta.

E há vezes em que só misturando as duas :) Eu costumo dizer ao meu filho: “filho não tem mal, o teu estômago não tem prateleiras e tudo se mistura” ;)

6.) MUITO IMPORTANTE: não forçar!

– Não obrigar;

– Não tornar o momento da refeição um momento triste, mas sim um momento feliz.

A dica principal: DESCOMPLICAR!

Baseado nas recomendações de 2019 da Direção Geral da Saúde (consultar documento)

E aí por casa, como planeiam a introdução da sopa? Quem já introduziu revê-se nestas indicações? Como foram as vossas experiências?

18 Comments

  1. Carla Teixeira

    Olá a todos. A Carolina iniciou a sopinha há 4 dias. Tem 4meses. E tem sido um bocadinho stressante porque ora cerra os lábios, ora abre a boca e conseguimos dar umas quantas colheres, ora chora… Certo é que quando chora colocamos a chucha e ela vai engolindo calando-se. Na verdade entre choro e chucha come a sopa toda. No entanto não sei o que fazer para que deixe de chorar. Também não quero que seja traumatizante e que associe choro a sopa. Mas se não for parece-me que dar leitinho logo a seguir é seder a chantagem. Confesso que não sei o que fazer… Bjs é obrigada. Carla Teixeira

    Reply
    • Enf Andreia

      Olá Carla, os pequeninos podem demorar 10 a 15 dias a aceitar uma concha de sopa. O que significa que o início é, naturalmente, difícil para muitos bebés. O truque é não obrigar. Suplementar com leitinho se não comeu a sopa. Claro que isto não vai ser uma prática corrente e, portanto, não acho que esteja de todo a ceder a chantagens. A criança é muito pequena e este é todo um mundo novo. Dou muitas dicas úteis sobre este e outros aspetos fundamentais no workshop “Desengasgamento em bebés: segurança na oferta alimentar”, já no dia 24/4 às 14h :) Inscrições diretamente na área de formações.
      Um beijinho

      Reply
  2. Claudia Amaral

    Na 1a princesa cá de casa e porque já bebia L. A.desde as 3S de vida, embora aliado ao L. M., introduzimos, tb de acordo c/ a opinião do pediatra, a sopa aos 4M e a papa aos 5M… Não vou mentir, confesso que não sei pormenores ao certo se comeu tudo ou quase tudo logo desde o início ou não… Sei que a papa nao apreciava, curiosa/! A sopa sim e a frutinha tb, muito :)
    Agora na 2a princesa, a pcs dias dos 4M, talvez introduzamos a sopa aí 2S antes de eu regressar ao trabalho… Vamos avaliar juntos e definir o melhor… P/ tb tranquilizar o meu ❤️ e certificar-me de que já estará bem encaminhada antes de regressar à vida profissional… A papa 1M dps, provavel/… Vamos andando e vendo ❤️

    Reply
    • admin

      Encontrar a melhor estratégia e planear atempadamente é sempre o melhor, dado que cada criança é uma criança. Atender aos ensinamentos e orientações do profissional de saúde de referência também é fulcral. É ele que melhor conhece a bebé e poderá discutir convosco o melhor a adotar com essa bebé em específico. E tudo correrá bem :)

      Reply
    • Ângela

      Olá.
      Aqui tem sido muito complicado.
      Com 6 meses o meu bebé começou a IA. Comia a sopa toda e a fruta e nunca rejeitou nada.
      Aos 7 meses e pouco teve uma gastroenterite e desde então ( tem agora 9 meses) não aceita a sopa e fruta só aceita aquelas de chupar. Estou a dar em doida. Já troquei todo o tipo de legumes e nada. Já tentei dar os legumes em vez de sopa tudo esmagadinho com garfo e nada. Já não sei mais que fazer, quero que ele aprenda a mastigar mas a única coisa que faz é reflexo de vomito. Só come papa, iogurte e as tais frutas de chupar. Alguem aqui que está a passar ou já passou por isto com o seu/sua pimpolha? Help please

      Reply
  3. Vanessa

    Boa tarde ☺️
    Domingo é dia de começar esta nova etapa da introdução da 1a sopa e estou super entusiasmada e sei que vai ser um desafio e aventura… obrigada por este post ajudou bastante caso não devore logo a sopa …saberei o que fazer e não “obrigar” a comer

    Reply
    • admin

      Que bom Vanessa! Fico feliz de ser uma mais valia. Calma e tranquilidade e tudo correrá bem :) Muitos beijinhos e obrigada por seguir o blog :)

      Reply
  4. Rita

    Vamos iniciar para a semana…. Vamos ver como vai correr, mas estou mentalizada que se só comer 1 ou 2 colheres, não há drama! Com muita calma e paciência!

    Reply
    • admin

      Olá Rita! É esse o espírito :) Muito obrigada pelo seu comentário e por seguir a página. Um grande beijinho e boa sorte na nova etapa :)

      Reply
      • Sandra

        Senhora enfermeira a minha filha tem 19 meses. E já à mais de 1 mês que não aceita a sopa em casa. Na escola como sempre em casa… pode pegar na colher leva à boca e dps cospe. Nem passada nem por passar. Não sei que fazer mais.
        Pois os legumes ela faz seleção e não come, muito. A sopa era a solução ideal. Ainda agora comi e ela não comeu a dela, mete a mão e bate palmas. Não sei mais que fazer…

        Reply
        • Enf Andreia

          Olá querida sandra, podemos ajudar em consultoria personalizada. Tem os nossos contactos telefonicos nas redes sociais SOSMAMÃ.

          Reply
  5. Flavia Marques

    A parte da preparação para a primeira sopa foi exatamente assim!! Por acaso sempre aceitou muito bem mas durante 1 mês quis sempre leitinho, agora come super bem a sopinha e tudo o que venha adora comer este miúdo!

    Reply
    • admin

      Ai que bom Flávia! Que bom que é menos uma preocupação para si :) Obrigada pelo comentário e por seguir o blog! Muitas felicidades!

      Reply
    • Marisa Monteiro

      És tu Flávia?!

      Reply
      • Flavia Marques

        Sim!!! Desculpa não vi no dia

        Reply
  6. MarianaC

    Obrigada por este post, Andreia ❤

    Cá em casa, falta pouco para iniciarmos as sopinhas..! Estou a sentir um misto de emoções, por um lado quero imenso começar a fase do fazer e dar a sopinha, mas por outro não, porque sei que quando o começar vai parecer que vai “deixar de ser bebé”..

    Sem dúvida, que este post deixou-me bem mais calma

    Reply
    • admin

      Que bom Mariana! Que bom sentir que foi útil o que leste! Estarei cá para caminhar contigo nessa fase. Sempre ao dispôr :) Muitas felicidades

      Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?