Importância das rotinas no sono noturno do bebé

Importância das rotinas no sono noturno do bebé

Abr 11, 2020

Falar do sono do bebé é algo que faço com muito gosto. Muitos são os amigos e conhecidos que me vão perguntando dicas básicas para os seus filhos dormirem bem. Lamento informar que não sou nenhuma expert no assunto :) simplesmente este é um tema do meu especial interesse sobre o qual li muito, mesmo antes do João Maria nascer.

Tinha muito receio do meu filho não adormecer na sua própria cama ou de me dar noites de embalo tais que não aguentasse os braços e fosse obrigada a colocá-lo a dormir comigo. A teoria do apego defende que os pais podem e devem dormir com os seus filhos, sendo esta uma estratégia que promove maior segurança e sentido de proteção nas crianças. Contudo, não sou adepta de colocar o meu filho a dormir na minha cama pelo risco de morte súbita, e ainda bem que o meu marido partilha desta opinião comigo. Adoro ir buscar o nosso bebé ao acordar para o amamentar na nossa cama e acabamos por ficar na ronha mais uns bons minutos :)

Foi por querermos tanto que o nosso filho desde cedo dormisse no seu berço e por não me dar jeito amamentar na minha cama (fico com dor no braço e no pescoço :(), que nunca quis um berço acoplado à cama. Sempre quis um berço independente para os primeiros meses de vida do nosso bebé. E ainda bem! Não é que foi muito mais barato do que qualquer outro? Sim sim, foi emprestado ;)

Claro que esta nossa maneira de encarar este tema não invalida que não sejamos adeptos de mimo e colo. Somos apaixonados por dar carinho e colinho ao nosso bebé, mas tudo com peso e medida, de forma a também nós estarmos bem e saudáveis para cuidar dele. Sentimos que se não dormíssemos bem na nossa cama, muito provavelmente não teríamos tanta disponibilidade e paciência para as brincadeiras que o nosso filho precisa, porque estaríamos cansados ou nos iriam doer as costas ou os braços, pela posição desconfortável na cama com um bebé e pela preocupação constante.

A nossa casa tem dois andares e o primeiro andar só é utilizado por nós como zona de quartos, portanto para dormir. Decidimos então que o bebé, tal como nós, só iria dormir no primeiro andar no período noturno. E depois de ler muito sobre o assunto, percebi o quão importante é existir uma rotina noturna para o bebé.

ROTINA NOTURNA

O bebé deve «saber o que vem a seguir», isto é, também ele deve perceber a rotina, de forma a não estranhar o momento de dormir. Como exemplos, seguem-se as rotinas mais frequentes utilizadas por casais com os seus bebés – Antes do momento do bebé ir para a cama dormir:

– banho relaxante;

– dar de mamar (amamentação ou biberão de leite artificial);

– jantar, lavar os dentes e mudar a fralda;

– fazer uma massagem relaxante;

– contar uma história.

Não importa a rotina que estipulem, mas é muito importante que ela exista. Seja qual for a rotina, a maioria dos autores sugere que é importante manter o ambiente calmo, tranquilizador, com pouca luz e ruido e sem equipamentos eletrónicos ligados nas últimas 2h que antecedem a hora de dormir.

No nosso caso em particular, partilho convosco que, desde que o João Maria nasceu que a hora de ir dormir na caminha dele é precedida de um conjunto de rituais:

– 19h45/20h00 – aquecemos o quarto dele;

acendemos uma luz ténue de um candeeiro mais pequeno que temos pendurado na parede do seu quarto e trazêmo-lo para este ambiente onde tudo se torna ainda mais tranquilo;

ligamos a música ambiente da caixinha de música que a avó ofereceu e damos banho tranquilamente, para que aproveite o momento e relaxe. No fim de o limparmos, fazemos massagem em todo o corpo com o creme hidratante. Como ele gosta! Fica logo mais tranquilo :)

Até aos 6 meses, após o banho, levava o João Maria embrulhado numa manta para o nosso quarto onde o amamentava (junto à sua cara colocava sempre o mesmo bonequinho de dormir); no fim da amamentação, metia-o a arrotar e deitava-o acordado no berço, mas já muito sonolento (adormecer fica muito mais fácil);

Após os 6 meses, começámos a dar a sopa não só ao almoço, mas também ao jantar, pelo que a rotina se alterou simplesmente porque deixei de o amamentar antes de dormir. Cerca das 20h/20h15 damos a sopa e a fruta ao nosso bebé, lavamos-lhe os dentinhos e mudamos a fralda; fica 10/15 minutos na espreguiçadeira junto a nós enquanto jantamos e vou deitá-lo (o seu quarto já está com luz ténue, pronto a recebê-lo);

– Coloco-lhe a chucha e faço festas na cabecinha ou dou palmadinhas no rabinho até que comece a fechar os olhos. Aguardo sempre que adormeça para sair do quarto. Nunca consegui nem quis deixar o meu bebé a chorar para adormecer. Se chora digo-lhe em voz baixa que estou alí e dou-lhe a mão para que se sinta seguro :) Cerca das 21h30 já o João Maria dorme tranquilo. E os papás aproveitam para descansar e namorar na sala, onde vão acompanhando o soninho do bebé pelo intercomunicador.

E agora perguntam-me, então o João Maria não acorda durante a noite? Acorda. Sempre acordou cerca das 5h; nesse momento amamento-o e coloco-o a dormir de novo. Há noites diferentes, em que acorda mais uma ou outra vez. Mas são raras. Confesso que acho que isso se deve a uma coisa muito importante: nas vezes que acorda fora da hora habitual, vou junto dele, não o tiro do berço, aconchego-o junto ao seu bonequinho de dormir e coloco-lhe a chucha, o suficiente para que adormeça de novo.

Somos muito felizes com estes hábitos que estamos a incutir no nosso bebé, porque sentimos que ele fica tranquilo e o processo de adormecer e permanecer a dormir durante a noite é algo saudável para ele. Não é um momento stressante, nem queríamos que fosse algo traumatizante, mas sim um momento feliz. Contudo, cada bebé é um bebé e o que funciona bem com um pode não funcionar com o outro. É preciso entendermos os nossos filhos e adequarmos à nossa maneira de ser e estar na vida também :) 

E vocês, como adormecem os vossos bebés à noite? Também cumprem uma rotina? São felizes com a forma como estão a deitar os vossos filhos?

Num artigo futuro, explico-vos as principais estratégias a ter em conta para o bebé dormir bem as sestas durante o dia. Mantenham-se atentos :)

11 Comments

  1. Eva Serra

    Obrigada pela partilha – sempre bom ler :) queria perguntar como foi a transicao da mamada da noite para sopa, ou melhor, fazer com que o bebe se ‘esqueca’ que mamava antes de dormir? Pergunto isto porque irei introduzir biberon antes de dormir quando comecar a deixar de amamentar devagarinho, e depois mais tarde,
    a sopa ao jantar tambem. Mas estou curiosa por perceber como os bebes se habituam! Obrigada!

    Reply
    • Enf Andreia

      Olá Eva. A habituação são os pais que proporcionam :) como a sopa à noite só é dada a partir dos 6 meses (se só iniciarem sopa ao almoço aos 6 meses espera-se 1 a 2 semanas para incluir a sopa também à noite), o bebé já aceita a sopa na altura em que é dada à noite, pelo que basta substituir a mamada pela sopa. Por exemplo, nós começámos por dar a sopinha ao João Maria umas vezes às 19h outras às 18h45 outras às 18gh30, conforme ele mostrava fome e era ou não hora de mamar. Substituindo a sopa pela mamada. Com essa idade ele já comia fruta e demos logo a sopa e a frutinha à noite. Na hora de ir deitar mamava (e ainda mama), lavo-lhe dentinhos e deito-o :) Nas primeiras vezes em q damos sopa, mas isto ao almoço, por vezes é necessário complementar com a mamada, porque as primeiras vezes é normal que o bebé não aceite a sopa, mas posteriormente devemos deixar este hábito de parte para que não pensem que após cada refeição têm “direito” à maminha ;)
      Alguma questão disponha! Obrigada por se manter desse lado :)

      Reply
      • Ana Rita Mendes

        Olá. muitos parabéns pelo seu trabalho. descobri recentemente e não quero outra coisa. relativamente ao tema sono, tenho algumas dificuldades. A minha Sara tem 2 meses e meio. Ela nunca foi muito adepta de grandes sestas durante o dia, mas também durante a noite, acorda muitas vezes para mamar.
        houve uma altura em que ela, independentemente da hora que adormecia, acordava por volta das 4da manhã, mas já voltou ao acordar de 2 em 2 horas. não temos definida uma hora para a colocar a dormir, e acho que isso a estará a prejudicar. mesmo a questão do banhito, que ela adora (felizmente) não consegui definir uma hora, por causa da amamentação.
        Acha que se deva definir uma hora para o banho, e mamada? quanto tempo devemos deixar passar após uma mamada para lhe poder dar banho? obrigada

        Reply
        • Enf Andreia

          Olá Ana Rita. Apesar de, com esse tempo de vida, ainda ser difícil criar uma rotina, é essencial começarem a procurar adequar os vossos horários. Aqui em casa, desde que voltámos da maternidade,a rotina é sempre a mesma. Claro que com horário livre de mamadas se torna difícil, mas eu sempre consegui que, +/- a última mamada da noite (entre as 19 e as 21h) já fosse aquela em que era precedida pelo banhinho à luz ténue; o bebé mamava e ficava logo no bercinho dele. Passado um tempo, o bebé começa a perceber “o que vem depois” e isso é fundamental para que goste do momento de dormir. Acho que pode sim começar a tentar criar uma rotina, sem ser extremista porque o horário livre de mamadas impossibilita um horário rigido.
          Pode dar banhinho 1h30 depois de amamentar, já que o leite materno demora cerca de 1h30 a ser digerido.
          Espero ter ajudado :) Obrigada por estar desse lado e me dar força para continuar <3

          Reply
  2. Sara Maurício Silva

    A Matilde fez 5 meses e ainda dorme ao nosso lado, no berço next to me. Confesso este berço é o meu melhor amigo. As rotinas nem sempre são rotinas. Há dias em que adormece mais tarde porque faz um sono de 2h/2.5h durante a tarde e depois às 21h é sempre mais difícil de pegar no sono. Quando é dia de banho fica mais fácil. Banho, maminha e soninho, mesmo assim às vezes custa a adormecer. A Matilde mama muito e tem necessidade de ficar uns minutos ao colo para arrotar. Se a coloco logo no berço não dorme se não arrotar primeiro. Depois acaba quase sempre por adormecer ao colo 2h depois do banho!!! É difícil por aqui! ‍♀️ Confesso que nem quero imaginar quando for para a mudar para o seu quartinho. Acho que vou colocar o berço no nosso quarto!

    Reply
    • admin

      Sara, muito grata por mais uma partilha tão interessante :) Cada bebé é um bebé. Já experimentaste tornar o banho e a massagem uma rotina? De forma a tentar que o hábito de sono se interiorize na pequena matilde e ela ganhe horas específicas para dormir? O João Maria já não aguenta mais do que as 21h até ir dormir. Fica inconsolável, tal é o hábito que lhe impusemos desde sempre :) Fica a sugestão. Um beijinho , volta sempre!!

      Reply
  3. Flavia Marques

    Com o Leonardo os sonos diurnos são tranquilos mas o noturno está complicado. Fazemos sempre a mesma rotina, até agora bebia bem o biberão inteiro, agora nem metade o que faz com que passado um bocadinho tenha fome de novo, outras vezes não tem é dorme mais horas. Nenhuma noite é igual. Tem noites que acorda só uma vez outras que acorda 3 ou 4! Neste momento tirámos o berço next to me e está no berço fechado para brevemente ir para o quarto dele mas tenho imenso medo que continue assim porque vai ser super cansativo.

    Reply
    • admin

      Flávia os bebés também passam por fases. O esforço da nossa parte tem de ser gigante para lhes criarmos hábitos de sono, mas depois vale tanto a pena :) Como tem sido a rotina? Há algum pormenor que lhe possa estar a faltar? Obrigada pelo comentário e partilha :)

      Reply
      • Flavia

        A rotina é banho e depois vamos os 3 um bocadinho para o quarto brincar e um de nós fica com ele para lhe dar o biberão, pomos na caminha e ele adormece super rápido! O problema é mesmo as despertares frequentes. Sempre para comer! Esta noite por ex comeu as 20h, 22h,00h e 02h45. Sempre 180! Pensei que podia ser um pico mas já faz 3 semanas,parece-me demais.

        Reply
        • admin

          Será sempre fome Flavia? Se lhe der sempre o biberão ele vai sempre querer beber :) Então e se tentar acalma-lo e pôr chuchinha pelo menos numa dessas vezes? Se cada vez que chora lhe der o biberão ele associa o despertar à comida e vai sempre acordar. Custa, mas às vezes conseguimos :) O João Maria as vezes também choraminga às 2h e pouco mas eu coloco a chucha + umas palmadinmhas no rabinho e ele fica-se. Às vezes tenho de o amamentar, claro, isto não é sempre como nós queremos ;) Obrigada, uma vez mais, pela partilha

          Reply
  4. Claudia Amaral

    Até aos cerca de 4A da Íris e desde que iniciou o sono no seu quartinho (cerca dos 6M de vida, creio), ficávamos (eu, maioritaria/) a fazer-lhe companhia… Há largos meses a esta parte adotei a estratégia de ficar no corredor, na mesma c/ luz de presença ligada na wc dela, em frente ao seu 4., até que adormecesse… Ou seja, conseguimos o “desmame” e autonomia ao adormecer per si, embora sentindo a nossa presença logo ali ao lado e fazendo perguntas ou afirmando frases como “gosto mt de ti mamã/papá”, “bons sonhos, cor de rosa, de princesa”,…, (que habitual/ lhe dizemos)… A meu ver talvez tardiamente, mas não por isso problemático… Spr deu perfeita/ p/ gerir, sem stress! E rotinas/horários no deitar, sem dúvida, essencial! Na mais velha, se conseguir, antes das 21h está deitada… A baby ainda não está no pto, mas lá chegarei ❤️

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

× Podemos ajudar?